Comunique sua Marca com Âncoras

PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO
dezembro 24, 2016
AS MELHORES METÁFORAS
dezembro 25, 2016
Show all

Comunique sua Marca com Âncoras

Uma série de problemas que as empresas enfrentam para conseguir posicionar sua marca no mercado, diferenciar público alvo de filiais, manter placas e letreiros no ambiente externo são solucionados pela ancoragem.

Existem três tipos genéricos de âncoras: visuais, auditivas e cinestésicas. Âncoras visuais podem ser fotos, bandeiras, símbolos, cores, imagens; Auditivos alguns slogans ou jingles que as emissoras de TV utilizam para iniciar um filme ou até para convocar o ouvinte sobre o intervalo do plantão do jornal noturno, dentre outros; Âncoras cinestésicas são cheiros, odores, essências que as empresas, por exemplo, utilizam no seu ambiente interno para atrair e alterar os estados emocionais dos clientes.

As âncoras vinculam uma imagem, som ou sensação a um estado emocional da pessoa de maneira estratégica. Em outras palavras ao ouvir um som ancorado, o estado emocional do ouvinte altera, comportando-se de maneira programada anteriormente, ou seja, conforme condicionamento anterior.

Vamos apresentar alguns exemplos para melhor compreensão. Utilizaremos recursos das âncoras visuais.

Prática:

1- Uma empresa marca SAULO possui duas unidades, matriz e filial. A matriz atende um público mais elitizado e a filial foi criada para atender um público mais popular. A marca é bem posicionada no mercado e o proprietário não quer criar nova marca para filial, até porque existe um vínculo pessoal a ela. Então a placa informaria o NOME DA EMPRESA + PALAVRA QUE DIFINE O PÚBLICO.

Exemplo: SAULO – Master/Nobre   e a filial: SAULO – Popular . Um exemplo bastante óbvio para facilitar nossa comunicação.  Lembre-se que o tamanho da fonte(letra) do nome da empresa é maior que a fonte da âncora.

Neste caso o cliente enxerga a marca e sabe diferenciar o público sem alterar o nome principal. É utilizado também para diferenciar a localização da empresa. Seguindo o mesmo exemplo: SAULO – Centro e filial: SAULO –Bairro.

Se optar por colocar o nome do bairro consegue resultados melhores.

A aplicação é ampla, cabe a você leitor imaginar o que pode ser feito na sua empresa ou com a sua marca para criar uma ancoragem que defina claramente o objetivo proposto na mente do cliente, afinal de contas, estamos comunicando.

2- Vincular o nome da sua empresa ao nome de outra empresa.

Exemplo: Eu tenho uma empresa de produtos veterinários e quero colocar uma placa com o nome da minha empresa na fazenda de um cliente, pois entendi que naquele local seria interessante apresentar minha marca. Se eu colocar a placa com apenas o nome da minha empresa, em pouco tempo ela poderá não estar mais no mesmo lugar, ou seja, ninguém da fazenda se ocupará em preservá-la.

Como a ancoragem soluciona este problema? Trabalhamos a identidade do proprietário da fazendo para garantir o cuidado à nossa placa.

A proposta seria negociar com o proprietário da fazenda a colocação da placa na frente da fazenda, mas na verdade eu irei presenteá-lo com uma placa com o NOME DA FAZENDA dele e abaixo do nome da fazenda virá o nome da minha empresa de produtos veterinários com fonte menor. Estamos vinculando uma parte da identidade do proprietário, o nome da fazenda, à placa fazendo com que eles valorizem e cuidem do presente.

A identidade de uma pessoa é aquilo que representa a sua pessoa, o seu EU, como por exemplo o nome completo, nome dos pais, dos filhos, nome da sua empresa que muitas vezes apresenta o sobrenome da família, dentre outros.

A diferença agora é que como existe o nome da fazenda na placa, parte da identidade do proprietário, ele cuidará para que a mesma permaneça preservada e cuidada. O investimento realizado na placa garantirá maior tempo de divulgação e o tempo de apresentação da minha marca de produtos veterinários posicionará minha marca na mente de todos que adentrarem aquela fazenda.

 

Os comentários estão encerrados.